Encadernação Artística

terça-feira, 1 de janeiro de 2008

Alea jacta est


Não consigo entrar no clima de alegria, do excesso de consumo. As manifestações coletivas de euforia me deixam em estado de alerta. Me faz lembrar de certos baixinhos, que controlavam multidões - de Franco ao inominável tedesco .

A histeria da virada do ano novo me angústia centenas de fogos de artifícios, o barulho que faz vibrar minhas janelas, a poluição, o suor, ingredientes indigestos, que fazem parte da felicidade instantânea. Videntes, astrólogos, santos de todas as crenças prevêem o futuro. É um festival de lugar comum, acredita-se em tudo e em todos.

Ficar em silêncio em estado de graça costurando um caderno ou simplesmente lendo é impossível. Os rojões não param de estourar. Contra a massa ignara nada se pode fazer. Terminei a primeira etapa do estudo das Estruturas Cruzadas da Costura e também fiz o protótipo da Costura Belga. Ao longo do primeiro trimestre de 2008 estarei postando uma série sobre estas duas maneiras de cozer um livro, um pouco da história desses modelos fantásticos de encadernação e uma lista de links.

Nenhum comentário: