Encadernação Artística

quarta-feira, 14 de setembro de 2011


Oficina de Encadernação




Museu da Escola Catarinense


Período: 26, 27 e 28 de outubro
.
Horário: 14 horas  ás 18 horas - 18 horas e 30 min. ás 21horas e 30 min.

Local: Museu da Escola Catarinense    




Saldanha Marinho, 196 - Centro
Florianópolis - SC, 88010-450
(0xx)48 3225-8658 begin_of_the_skype_highlighting            48 3225-8658      end_of_the_skype_highlighting

Programa da Oficina


Exposição de livros raros e manuscritos século XVIII e XIX. Entrada franca.
1. Módulo 
 O que é um livro?

 - Explanação das partes que compõe o livro -  suporte teorico -  apostila.

    - Livro enquanto suporte da arte e da escrita - Breve história do livro 

       com foco no codex - séc IV dC

    - Livro na Idade Média  - O livro das horas do Duque de Berry
Inscrição: por email  - infolio@hotmail.com até 24/10
estrutura cruzada


Kezia Lenderly
R. Artista Bitencourt 190 - sala A

Fone : (048) 84744771 begin_of_the_skype_highlighting         

   (048) 84744771      end_of_the_skype_highlighting
infolioartedolivro.blogspot.com

       foco estudo das Capitulares - cor, forma e conteúdo.
  
  - O livro na América pré colombiana - Codex de Dresdem 
        foco no suporte, na tinta e na escrita.
   
   - Coleção dos Fundos Antigos - América Espanhola e produção Jesuítica.
  
  - O livro no Brasil - Imprensa Nacional.
   
   - Uma analíse do estado de conservação dos documentos Públicos de Santa Catarina 
       
     Sua Biblioteca a terceira mais antiga do Brasil. Aberta ao Público.


2. Doenças e patologias transmitida pelo papel.

    - Proteção individual - riscos iminentes de contágio - 
       Surto de tuberculose em Florianópolis 1947.

3. Tipos de papel - reconhecimento da fibra e papéis especiais para restauração.

4.  Fatores de degradação do livro.

5.  Pequenos reparos, solução dos prob
     lombadas danificadas, cantos dos livros amassados, costuras arrebentadas e folhas  soltas. 
6. Técnicas de Higienização - mecânica e por anoxia.
7. Costura de caderno - fazendo o seu próprio livro - estrutura cruzada.  
lemas rotineiros nos acervos: capas soltas,
Carga horária: 20 horas.
Quanto: R$ 250,00
Número de vagas: 10 (dez) por turno.
Desconto para estudante: 70% 
Público: Aberta 
Material: Provido pelo atelier

segunda-feira, 5 de setembro de 2011



Victor da Rosa é o mais novo candidato a imortal da Academia Catarinense de Letras.




" É com júbilo e honra que ponho à apreciação de vossas senhorias o meu nome e a minha literatura, com o fim de integrar o ilustre quadro de confrades imortais da excelsa Academia Catarinense de Letras.

Por menos merecedor que me julgue de receber tamanha honraria, reconheço a importância da ACL para as letras e a cultura catarinense, enquanto espaço salutar e privilegiado de diálogo entre luminares da arte e do pensamento do nosso Estado, que, aliás, como reconheceu o governador Raimundo Colombo, incansável defensor da alta literatura, segue padrão europeu. Venho, com isso posto, pleitear a graça de ser o menor entre os maiores. "

Leia o post completo em http://victordarosa.blogspot.com/2011/09/comunicacao-uma-academia.html

domingo, 4 de setembro de 2011

Segredos Revelados - Colas Neutras.


Quem não cola não sai da escola, até mesmo Dona Perfeição teve seus dias. É pra esta senhora que dedico este post, nunca errou sempre a melhor em tudo o que faz, até mesmo ELE o criador, comete falhas incríveis. Que o diga Dueña Perfeccion. 

VAMOS AO TEMA - COLAS 

As colas são de origem natural - vegetal e animal ou sínteticas . 
O  uso da cola na restauração e na encadernação segue o seguinte mandamento.
1. A cola é reversível.
2. É neutra
3. É compatível com os materiais a serem colados.
4. Atóxica
5. Tem um bom comportamento quando envelhece. 
6. É facilmente aplicada.
7. Não mancha.
8. Não contém solventes químicos a base de petróleo.
9. Não deforma os materiais.
10. Cola e descola

COLAS DE AMIDO

Os amidos são a principal reserva de glícidios do mundo vegetal, as colas de amido são empregadas a milênios no Japão. As principal excelência dessa cola é sua conservação quando seco, perfeita reversibilidade na água, adere muito bem a superfície, é translúcida, e estável como se pode conferir ao longo do tempo. O custo dessa cola é muito barato.
Cola de trigo, cola de amido de milho, cola de arroz.

ONDE APLICAR
1. Nos reforços, nas carcelas e principalmente nas capas de couro - as colas de origem sintética craquelam o couro.

COMO FAZER 
1. Dissolva o amido em água fria e acrescente água fervente e deixe cozinhar em banho Maria até ficar translucida.
2. Faça apenas o que vai consumir no dia.
3. Importante - use água deionizada ou filtrada.
4. Para aumentar a viscosidade acrescente CMC

COLAS SINTÉTICAS.
Esqueça as colas a base de PVA mesmo utilizando hidróxido de cálcio e CMC não estou segura do sucesso dessa mistura. Observei em documentos restaurados um alo em torno da aplicação. Prefiro não arriscar o emprego dessa mistura, diretamente no corpo dos documentos.

KLUCEL G
Onde encontrar na Talas em NY.Preço bem baratinho.
É um adesivo não-iônico solúvel em água e álcool. Mistura-se bem com cera quente. É termoplástico quando seca fica claro e muito flexível, melhora a resistência do couro craquelado. É empregado na consolidação do couro e como adesivo para pergamínios.  

COMO FAZER
Misture na proporção de 1,5 colher de chá para uma xícara de álcool isopropilico e deixe descançar durante 12 horas. 

ONDE ENCONTRAR
Na Talas em NY.Preço bem baratinho.