Encadernação Artística

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Estabilização da tinta ferrogálica.

 

Trabalhos desenvolvidos pelo Serviço de Preservação, Conservação e Restauro do Arquivo Regional da Madeira.

         Este texto é o relato do trabalho realizado pela equipe de Conservação  e Restauro da Ilha da Madeira.

Agradeço a minha amiga virtual Regina Viera, que compartilha suas experiências e revela os "segredinhos de ofício." Tão zelosamente guardados pelas guidas locais. 

A formula da "tinta ferrogálica" é universal existe desde o império romano, porém na Ilha de Santa Catarina,  os doutores da restauração e patrimônio cultural, afirmam: tudo o que foi feito na Ilha de Santa Catarina no século XVIII contém óleo de baleia, essa máxima é valida para as construções - igrejas, casas e fortins. Logo há presença do óleo de baleia na tinta ferrogálica usada nos nossos documentos.
Misericórdia Senhor, eles não sabem o que dizem...

Vamos ao que interessa!


Conservação de documentos degradados pela corrosão da tinta ferrogálica


conservação de documentos degradados pela corrosão da tinta feerrogálica
O presente artigo tem por base uma investigação inicial de uma tese de mestrado e pretende abordar a experiência do serviço de preservação, conservação e restauro (SPCR) do ARM, na estabilização da tinta ferrogálica, através de um tratamento à base de ácido fítico. Ao longo do artigo serão abordados os processos de degradação da tinta, a metodologia de estabilização e os resultados obtidos.

Veja aqui o artigo no link .
Tintas ferrogálicas -