segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Mostra na Biblioteca Nacional celebra 500 anos do precursor da história da arte.


Mostra na Biblioteca Nacional celebra 500 anos do precursor da história da arte

by Márcia Carvalho Rodrigues
Reconhecido mundialmente como o primeiro historiador da arte, o italiano Giorgio Vasari, que nasceu em 1511 e morreu em 1574, é tema de uma exposição na Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro. A mostra Giorgio Vasari e a Invenção do Artista Moderno celebra os 500 anos do pintor e arquiteto e faz parte do calendário de atividades do Momento Itália no Brasil.
Giorgio Vasari (Arezzo 1511- Florença 1574)  Auto-retrato,  circa. 1567


Incentivador de Michelangelo e outros artistas no renascentismo, Vasari fez o projeto arquitetônico da Galleria degli Uffizi, hoje sede do principal museu de Florença. Também foi o autor das pinturas que decoram o Palazzo Vecchio, sede do governo da cidade italiana, onde fundou em 1563 a primeira academia de belas artes.



Estão expostas 110 peças de Vasari que integram o acervo da Biblioteca Nacional, entre elas três edições de Vida dos Mais Excelentes Pintores, Escultores e Arquitetos. Lançada em 1550, a obra é considerada o livro fundador da historiografia artística.

“Até hoje, esse livro é referência nos estudos sobre a arte do renascimento. Sem ele, a ideia sobre esse período teria contornos diferentes e outros protagonistas”, destaca a curadora Elisa Byington.



Continue lendo em  http://tesourobibliografico.wordpress.com

Nenhum comentário: